Menu Fechar

Como preservar fertilidade feminina | Medicina Reprodução Hospital São João

Uma vez que os tratamentos contra o cancro são tóxicos, estes podem prejudicar a fertilidade. Por tal a criopreservação de ovócitos ou de embriões é essencial para preservar fertilidade feminina e ocorre antes do início dos tratamentos oncológicos.

medicina reprodução hospital são joão

Assim, após a consulta de oncologia no centro da mama, fui encaminhada para o serviço medicina reprodução do hospital São João.

Nesta primeira consulta de ginecologia, a médica explicou-me que o tratamento para preservar fertilidade consistiria em promover estimular os ovários a produzir mais ovócitos, através de medicamentos, pois, normalmente em cada ciclo menstrual é libertado um óvulo. Para depois ser feita a punção folicular (recolha dos ovócitos). E, por fim, estes serem congelados (criopreservação).

estimulação ovárica controlada

Deste modo, era necessário terminar com a pílula, pois só se inicia este processo após 3 dias deste término. Seguidamente passar-se-ia para a estimulação ovárica controlada, pois seriam realizadas ecografias de controlo, no sentido de acompanhar a evolução e definir a melhor altura para a punção. E com isto, evitar um possível efeito secundário que consiste na hiperestimulação. 

Criopreservação o que é?

Este processo consiste em congelar os ovócitos (criopreservação de ovócitos) ou de embriões (criopreservação de embriões) para, mais tarde, puderem vir a serem utilizados num tratamento de fertilização in vitro (FIV).

Foi-me referido também que, se caso pretendesse, a título pessoal, pois suportaria o custo (35€) poderia fazer o teste à Hormona anti-mulleriana – AMH.

injeção fertilidade | é preciso ir ao hospital?

Após a consulta de ginecologia, somos encaminhadas para uma enfermeira que nos ensina como administrar as injeções diárias, e por isso podemos ser nós ou outra pessoa a administrar. Mas é muito importante que ocorra sempre à hora indicada.

medicação para estimulação ovárica

Este tipo de medicamentos não existe em todas as farmácias e por tal é-nos dada uma lista das Farmácias da Zona Norte (ver no fundo deste post).

Optei por comprar na Farmácia Campus São João, pois na altura estavam com um desconto de 10% sobre este tipo de medicamentos. Contacto da Farmácia Campus São João: 22 099 4290

AMH – hormona anti-mulleriana

O teste à hormona antimülleriana “permite avaliar os níveis da reserva ovárica funcional. Os níveis de AMH acrescentam informação para o aconselhamento de mulheres relativamente à duração da sua vida reprodutiva e eventual planeamento de tratamentos para a infertilidade.
Uma grande vantagem face a outros exames complementares de diagnóstico é que o nível de AMH não sofre variação ao longo do ciclo menstrual e tem mínima variação entre ciclos.” Fonte: Roche

exames de sangue fertilidade feminina

Foi-me aconselhado a realizar este teste no laboratório Dr. Carlos Torres. Então liguei para este laboratório, onde informaram-me que poderia aparecer às horas que pretendesse.

Este teste realiza-se com uma simples recolha de sangue.

exame anti mulleriano resultado

Os resultados foram enviados por email, passados alguns dias. E na consulta seguinte de ginecologia dei a conhecer os mesmos à médica. Em que os resultados eram bons, sendo mais um fator para avançar para a estimulação ovárica. 

Tratamento fertilidade preço

quanto custa a criopreservação

Estando isenta, não paguei as consultas e exames, associados a este procedimento médico. Mas acredito que ainda foram umas boas centenas de euros, pois foram diversas consultas; diversas ecografias de controlo; o próprio procedimento cirúrgico….

Contudo, apesar destes procedimentos terem sido gratuitos no serviço de medicina de reprodução hospital s. joao, não significa que não tenha tido custos. Isto porque, é do nosso cargo a compra da medicação para estimulação ovárica, e de facto estes medicamentos são muito caros.

Assim, senti por várias vezes que o cancro é uma bola de neve, e que os problemas só se iam acumulando. Queria fazer tudo para tratar disto da melhor forma mas também o mais rápido possível. Mas quando fui confrontada com uma conta de algumas centenas de euros, são muitos os pensamentos que vão surgindo. E há que ser realista, pois a taxa de sucesso desta técnica ainda não é a desejada, mas por outro lado… “tudo vale a pena, quando a alma não é pequena” (Fernando Pessoa)

Equilíbrio entre datas de punção e quimioterapia

A quimioterapia pode ocorrer no dia seguinte ao da punção dos ovócitos.

Contudo, aqui a principal data é a do início da quimioterapia, que foi indicada na 1.ª consulta de oncologia. Porém, e também de acordo com a nossa resposta à estimulação ovárica, a ginecologista tenta adequar a melhor data para a punção (no meu caso ocorreu numa sexta e na terça seguinte iniciaria a quimioterapia).

Estimulação ovárica efeitos secundários

São abordados diferentes efeitos provocados por esta estimulação, principalmente alterações de humor, contudo, e não sei se foi por andar numa autêntica correria (Tempo precisa-se!) não senti nenhum em particular.

Mas há uma possibilidade de sentir os seguintes efeitos: dor abdominal ou nos seios, dificuldades em dormir, náuseas, dor de cabeça, fadiga, irritabilidade entre outros. Além do efeito de hiperestimulação, que não é de todo aconselhado. Motivo pelo qual esta estimulação é também controlada através de ecografias. 

Assim, é de extrema importância “escutar o corpo” e conversar com a médico ou médico ginecologista, no sentido de entender como o nosso corpo está a responder, podendo ser necessário interromper o ciclo de tratamento. 

Punção folicular

Este dia foi bastante complicado para mim, pois coincidiu com uma consulta de cardiologia, às 12h, mas também com a implantação do catéter.

Falando apenas da punção, para esta necessitámos de ir em completo jejum e quando somos chamadas vamos para uma sala médica onde é-nos dada a anestesia geral.

Passado pouco tempo (cerca de meia hora) vamos para uma sala de repouso, com outras pacientes, onde os parentes são chamados. E aqui quando acordei já estava a minha mãe e o meu namorado ao meu lado.

Punção folicular dores

Relativamente a dores, não sentia quase nada. Apenas um ligeiro desconforto na barriga, mas após este procedimento é conveniente o descanso por algumas horas.

Contudo, como tinha consulta de cardiologia num outro edifício do hospital, só pude descansar pouco mais de meia hora. E apesar de as dores estarem bem controladas, e de ter ido de cadeira de rodas, senti-me um pouco mal. Até porque com toda a confusão ainda estava em jejum. Mas após comer umas bolachas e regressar à Medicina de Reprodução para descansar a situação foi melhorando.

Todavia, quando a enfermeira pedia para tentar colocar-me de pé, nem sempre sentia-me bem. Então, foi-me dado um pacote de açúcar para colocar debaixo da língua e com algum descanso, a situação compôs-se.

O que aprendi com esta situação?

Que, especialmente no inicio, são tantos os serviços e tantas consultas, que situações como esta podem ocorrer, em que, consultas de cardiologia, no âmbito do cancro da mama, no hospital são joão decorrem apenas às sextas-feiras. E que, é conveniente a primeira acontecer ainda antes da administação da quimioterapia. 

Que para iniciar a quimioterapia na terça-feira seguinte, apenas seria possível colocar o cateter subcutâneo naquela sexta.

E, por fim, tinha que ser nesta sexta que realizaria a punção folicular, pois aguardou-se até à melhor resposta da estimulação ovárica, que aconteceu na quarta-feira e, por tal, este procedimento tinha que acontecer passados 2 dias.  

Desta forma, é importante começarmos a gerir as nossas consultas e idas ao hospital. Por exemplo, era possível ter tido a consulta de cardiologia na sexta-feira anterior. Já a quimioterapia poderia ter atrasado de terça para quarta e, com isto, implantava o cateter num outro dia. 

Ou seja, até pode não ser possivel e ter que enfrentar uma “sexta-feira negra”. Mas pelo menos tenta-se. 

E quantos óvulos?

Na segunda vez que estava a descansar uma técnica de saúde informou-me que tinham sido recolhidos 16 óvulos. O número é bastante simpático, todavia a quantidade não significa qualidade. E, por isso, o que interessa é o que acontece a seguir, concretamente como fecundam (mas esse processo é para uma outra altura, que não sei quando será).

Mas sim, saber que os nossos óvulos estão lá congeladitos, e que depois podem vir a ser uma alternativa no futuro concede uma ótima sensação.

Taxa sucesso criopreservação ovócitos

Para mim é importante entender que esta técnica não é uma garantia de gravidez no futuro. Novamente prefiro contar com o melhor mas estar preparada para o pior.

Até porque a criopreservação de ovócitos tem uma taxa ainda muito reduzida. Saber mais: Centro de Preservação da Fertilidade

E criopreservação de embriões?

A taxa de sucesso desta técnica é bastante superior à criopreservação de ovócitos, mas não me foi sequer proposta. Só vim a conhecer mais tarde quando já ia na 2.ª sessão de quimioterapia. De facto, em algumas instituições de saúde de medicina de reprodução (ver aqui centros públicos e privados) esta técnica é tida em conta, por isso se ainda vai a tempo questione a médica ou médico ginecologista quanto à possibilidade de criopreservação de embriões.

Preservação da fertilidade | Cancro
Fonte: Pixabay

“A preservação da fertilidade através da criopreservação de embriões compreende uma fase inicial de estimulação hormonal, seguida de punção folicular para recolha de ovócitos e posterior inseminação por fertilização in vitro (FIV) ou por microinjeção de espermatozoides (ICSI). Os embriões obtidos são então criopreservados. Quando o casal assim o pretender, os embriões são descongelados e transferidos para o útero da mulher.” Fonte: Centro de Preservação da Fertilidade

Zoladex o que é? | Menopausa aos 30

Para terminar este dia em grande fui informada que começaria a tomar a injecção Zoladex, de 28 em 28 dias, durante a quimioterapia. Se já estava com a barriga cheia de picadelas, ainda ia ficar com mais uma.

Mas nem imaginava o que estava para vir….menopausa precoce temporária. E com isto, lidar com os sintomas da menopausa. E como eu detestei a injeção Zoladex.

Porém, tentei concentrar-me na vantagem do Zoladex, que consiste em tentar que os ovários sejam o mínimo possível afectados pela quimioterapia. 

Por tal, seria normal sentir os efeitos da menopausa durante este período. 

doação de ovulos

Para terminar, não podia deixar de referir que ao iniciar este processo, é-nos dado um documento a explicar o procedimento, e a solicitar o nosso consentimento. Bem como, é questionado se caso os nossos ovócitos não sejam utilizados, possam ser usados para fins de doação de ovócitos ou então para investigação científica.

Farmácias da Zona Norte que habitualmente têm medicamentos para tratamentos de infertilidade:

Farmácia Maia

Farmácia Agrária

Protocolo com APF
Rua 5 de Outubro, 24 R/C
229605441 
 

Farmácias Porto

Farmácia Avenida (Boavista) – junto ao McDonald’s 

Avenida Boavista
22600888
 

Farmácia Avenida +

Rua João de Barros, 313
226008888
 

Farmácia Barreiros (Boavista) 

Desconto nas caixas de 10 ampolas de Pergoveris
Rua Serpa Pinto, 8/12
228349150
 

Farmácia do Bessa

Desconto nas caixas de 10 ampolas de Pergoveris
Rua O Primeiro de Janeiro, 424
222005644
 

Farmácia Campus São João (Centro Comercial Campus São João) 

Desconto de 10% em toda a medicação de fertilidade 
Rua Dr. Plácido da Costa, 410, Campus São João Lojas 103/104
226002245
 

Farmácia Costa Cabral (Hospital Conde Ferreira) 

Rua Costa Cabral, 1832
225088887 / 22 502 07 80
 

Farmácia Henriques (Baixa) 

Praça da Batalha, 64
22 200 51 73
 

Farmácia do Lago (Bessa) 

Rua Arquiteto Cassiano Barbosa (Edifício Lago II) 
22 616 89 51
 

Farmácia Marques de Mendonça (Amial) 

Rua do Amial, 251
22 832 71 18
 

Farmácia Pombeiro (Baixa) 

Campo Mártires da Pátria, 154
22 205 12 95
 

Farmácia Porto – junto à rotina AEP (aberta 24horas)

Estrada Interior da Circunvalação, 1407
22 200 17 82
 

Farmacia São João (em frente ao hospital) 

Estrada da Circunvalação, 7698
22 549 09 75
 

Farmácia Vitália (Baixa) 

Praça da Liberdade, 34
22 200 41 33
 

Farmácias Matosinhos 

Farmácia Ferreira da Silva (Norteshopping) 

Desconto de 10 ampolas de Pergoveris 
Rua Sara Afonso, não.  105-117
22 012 05 00
 

Farmácia Rio Tinto

Farmácia Sá da Bandeira 

Avenida Dr. Domingos Gonçalves de Sá, 444
22 207 40 40
 

Farmácia Santo Tirso

Farmácia Salutar

Rua José Luís de Andrade, 16B
25 285 22 47
 

Farmácia Vila do Conde

Praça Luís de Camões, 20
25 263 31 33
Posted in cancro da mama, fertilidade, menopausa | sexualidade | (in)fertilidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.