Menu Fechar

para que serve a Consulta de cirurgia oncológica?

Quando terminei a quimioterapia, a minha dúvida era saber quando seria operada, de modo a organizar a minha vida. Mas suspeitava que, pelo menos, teria três semanas (período dado entre sessões de quimioterapia).

O que de facto, aconteceu, tendo tido até mais tempo de recuperação. 

Consulta de cirurgia oncológica

Até que, passado uma semana após o término da quimioterapia, fui à consulta de cirurgia.

Nesta consulta o médico viu os exames que tinha feito recentemente, em que mostraram resultados muito positivos, pois o tumor tinha diminuído bastante.

Contudo a operação à mama teria na mesma que ser realizada. Assim como seria necessário realizar esvaziamento axilar, na cirurgia, tendo o médico explicado em que consistia e o que implicaria.

# O que é o esvaziamento axilar?

No momento em que tomei conhecimento que faria esvaziamento axilar fiquei um pouco mais ansiosa em conhecer a data da cirurgia, pois sabia que esta questão alteraria bastante o meu quotidiano. Além de que o pós-operatório seria algo desafiante.

Mas o médico não sabia da data, apontou para o mês seguinte, que seria agosto. Porém, aqui dependia do número de profissionais que estariam de férias. Assim como estávamos em períodos de greve o que estavam a atrasar as cirurgias. 

Contudo, esta consulta tinha também como objetivo delinear o plano da cirurgia, em que, pelos resultados dos exames, em princípio, não seria necessário mastectomia. Tornando-se então importante definir como conservar a mama e atender aos efeitos estéticos da mesma.

# O que é mastectomia?

Planeamento da cirurgia

Fico contente por saber que, hoje em dia, pela equipa médica há uma preocupação estética neste procedimento cirúrgico.

Isto porque, inicialmente nem pensei muito sobre este assunto, mas de facto, esta questão é muito importante para o depois.

# Impacto de ver a mama (não muito positivo)

Assim, o médico perguntou-me se gostava do meu peito e se o queria manter. Tendo dito que sim.

Então, explicou-me que o que propunha seria colocar na mama gordura que tinha debaixo da axila.

Foi-me também dado um documento em que explicava claramente em que consistia este tipo de cirurgia.

# O que é cirurgia conservadora da mama?

Neste tipo de cirurgia, por vezes, opera-se também a outra mama para a reduzir e ficarem as duas semelhantes. O que não veio a ocorrer na minha situação. 

O médico teve também a atenção de explicar como seria a operação, e quantos dias poderia ficar internada (entre 2 a 5 dias; dependendo se optava-se por vir para casa com o dreno ou não).

Consulta de enfermagem

De seguida, o médico apresentou-me à Enfermeira, para esta abordar a operação e dar-me conselhos.

  • estar atenta ao telemóvel porque seria por este meio que seria contactada;
  • continuar com os cuidados de alimentação (se bem que agora já poderia ter alguma margem quanto a frutas e legumes crus, desde que muito bem lavados);
  • poderia apostar em práticas de exercício leves; mas também marcar a data para realizar o hemograma (análises ao sangue), que marcou-se para 2 semanas depois, ou seja, perfazer 3 semanas desde o fim da quimioterapia. Contudo, tal não significava que fosse operada nesse período.

#Quanto tempo demora desde o fim da quimioterapia até à cirurgia?

Quer a consulta com o médico cirurgião, quer a consulta com a enfermeira realizaram-se no Centro de Mama do Hospital de São João.

Posted in cirurgia, preparação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.