Menu Fechar

Goserrelina | Zoladex efeitos secundários | Menopausa | Cancro da mama

No dia em que fiz a punção dos ovócitos falaram-me da menopausa induzida temporária, enquanto realizaria a quimioterapia, através da injecção zoladex (Gosserrelina) de 4 em 4 semanas (28 dias).

O que é Zoladex?

Esta medicação terá como resultado a diminuição da produção das hormonas testosterona e estrogénio. Por este motivo esta medicação é utilizada no tratamento de cancro da mama, cancro da próstata, pois são cancros que podem ser “alimentados” pelas hormonas (subtipos de cancro da mama), mas também em outras situações clínicas como endometriose ou leiomioma uterino. Podendo também ser utilizada em alguns tratamentos de infertilidade, no sentido de controlar a ovulação. 

Menopausa precoce e cancro

Zoladex e quimioterapia

A quimioterapia pode conduzir à infertilidade. Todavia, estudos demonstraram que a administração do Zoladex durante a quimioterapia promoveria a supressão ovárica (algo como hibernar os ovários). Sendo esta hibernação reversível. E com isto constitui mais uma medida no sentido de preservar a fertilidade a doentes oncológicos.

Zoladex e cancro da mama

Por tal, nem todas as mulheres com cancro da mama necessitam deste tratamento. Sendo indicado a mulheres que se encontrem em  pré-menopausa e em período fértil. 

Zoladex efeitos secundários

De um modo geral os efeitos desta administração são os sintomas menopausa comum.

Ou seja, afrontamentos; calores nocturnos; perda de libido e secura vaginal; alterações de humor; dores de cabeça; insónias… (só coisas ótimas)

Porém, estes sintomas manifestam-se de modo diferente de mulher para mulher.

Calores noturnos

Para mim, o efeito mais difícil de lidar foram os calores nocturnos. Dito desta forma até pode parecer algo fácil. Até porque cada episódio não demora muito mais que alguns minutos.

Estamos muito bem e, de um momento para o outro, sem qualquer aviso, sentimos um desconforto em todo o corpo, com especial impacto na cara.

Nestas situações, se nos for possível, ajuda resfrescar a cara com água fria.

Alterações de humor

O segundo sintoma mais sentido por mim foram as alterações de humor. Ou seja, num dia até estava bem, mas sem razão aparente ficava bastante triste.

Nestas situações, posso dizer que as técnicas de relaxamento, principalmente meditação e mindfulness foram muito importantes.

Insónias

Tive várias insónias durante este período, mas não sei se foi um efeito desta administração. Ou antes, o período de quimioterapia.

De qualquer das formas, utilizei algumas estratégias, como diminuir o consumo de cafeína. As últimas refeições do dia serem de fácil digestão. Evitar exercício físico num horário tardio, de modo a não desregular o nosso relógio biológico. Criar uma dinâmica para o corpo entender que chegou a hora de dormir, no meu caso foi colocar o hidratante no corpo e depois ler um livro por alguns minutos. 

Vida sexual

Senti uma diferença na minha vida sexual, nomeadamente desejo sexual ou secura vaginal. Mas, felizmente, este foi um efeito não muito sentido por mim. (Não posso dizer o mesmo pela toma do tamoxifeno, o que me fez aprender como lidar com a sexualidade durante e depois do cancro).

De um modo geral, posso dizer que detestei o Zoladex, e esta menopausa precoce, pois senti vários efeitos e de modo bastante notório.

quando o zoladex começa a fazer efeito

Infelizmente comecei a sentir os efeitos secundários muito rapidamente. Passado cerca de uma semana comecei por sentir os calores noturnos. Que foram escalando, quer quanto a intensidade, quer frequência. 

Onde vou buscar no Hospital São João? 

A farmácia de Oncologia situa-se ao lado do secretariado do Hospital de dia do Hospital São João. Contudo, para levantar este medicamento temos que ir à farmácia geral do hospital São João. Este edificio situa-se próximo da paragem de metro Hospital São João.

Centro hospitalar são joão farmácia

Aqui, com muita frequência demoramos mais que meia hora.

Então, a minha dinâmica era: retirar senha da farmácia; ir ao serviço de medicina de reprodução levantar a respetiva receita; ir novamente à farmácia para obter a injecção; dirigir-me novamente ao serviço de medicina de reprodução para a enfermeira administrar-me o zoladex.

Nota: A meu ver, o levantamento desta injeção deveria realizar-se na Farmácia de Oncologia. Isto porque, realizar a dinâmica anteriormente descrita nem sempre é fácil. Além de que, tomamos o Zoladex durante a quimioterapia; período em que existem dias bastantes complicados de suportar.

Quanto custa o Zoladex?

Nas situações de cancro, e dado tornamo-nos isentos do pagamento de taxas moderadoras (atestado médico), não nos é cobrado qualquer valor por esta injeção. Todavia, a mesma é extremamente cara. Como é possível ver nas embalagens, cada uma custa cerca de 90€.

a injeção zoladex

Zoladex doi? 

As enfermeiras avisam-nos que a agulha é um pouco mais grossa e por isso aconselham a ser administrado, primeiramente, um spray de gelo, para não sentir tanto.

Mas com a continuação da quimioterapia senti desconforto com o próprio gelo e decidi experimentar sem gelo.

De facto, doeu menos a injecção do que o gelo. Contudo, se com o gelo não sentia nada nas horas seguintes. O mesmo não acontecia sem gelo (este tem também o propósito de ser como uma anestesia local). Sendo possível ocorrer reações como nódoas negras, hemorragia ou inchaço no local da injeção. 

zoladex administração

O Zoladex é subcutâneo, ou seja, a injeção é dada na barriga, abaixo do umbigo. 

A enfermeira explicou-me ser natural sentir um papito no local onde foi dada este medicação. Isto porque o medicamento fica todo junto neste local e, lentamente, vai sendo libertado.

Esta é também a razão pela qual num mês tomamos do lado esquerdo, e no próximo será no lado direito, e assim consecutivamente.

Neste sentido, e como eu tinha que tomar umas injeções (Nivestim) nos dias a seguir à quimioterapia, geralmente cinco ou mais dias, tentava administrar na barriga em local não próximo do local onde foi aplicado o Zoladex. Também informava a enfermeira dos locais onde tinha administrado o Nivestim para ela administrar esta injeção num outro local. 

Quem toma Zoladex menstrua? | E engravidar?

Durante a toma do Zoladex é muito possível não se ter período menstrual (como foi o meu caso). Caso tenha menstruação é conveniente entrar em contacto com a sua equipa médica

Todavia, mesmo sem menstruar, há a possibilidade de engravidar, não sendo de todo aconselhado, pois o constituinte do Zoladex (Gosserrelina) pode ser prejudicial ao feto.

Então, torna-se fundamental a utilização de métodos de contraceção não hormonais, como preservativo, DIU (não hormonal) ou diafragma. É essencial discutir este assunto junto do seu oncologista. 

Artigo: Cancro da mama contraceção

Zoladex e subtipos de cancro da mama 

Ia eu para a 4.ª ou 5.ª administração desta medicação e a médica ginecologista queria falar comigo.

Então, informou-me que, pelo serviço de ginecologia, não devia continuar a tomar o zoladex, pois tinha saído um estudo em que demonstrava que neste tipo de cancro (positivo a progesterona e negativo a estrogénio) esta medicação poderia não apresentar tantos benefícios quanto se julgava.

(Inicialmente julgava-se o meu cancro ser triplo negativo, mas depois um outro relatório revelou uma positividade fraca à hormona progesterona, ou seja, PR+ e ER-).

Mas na semana seguinte tive consulta de Oncologia e informei a minha médica sobre esta situação. Assim, a médica oncologista teve a debater os prós e contras, com a ginecologista, e decidiu-se continuar, durante a quimioterapia.

Zoladex e osteoporose 

Caso façamos mais que determinadas administrações (julgo que 6), será necessário realizar o exame Densitometria óssea, pois o zoladex pode causar osteoporose. Deste modo, há quem sinta dor nos ossos com o Zoladex. Por este ponto é essencial apostar numa alimentação equilibrada rica em cálcio, mas também numa prática física regular.

Menopausa até quando? 

Na semana que não tomei zoladex, foram notórias as diferenças; os efeitos foram desaparecendo. Mas depois quando soube tinha que tomar por mais um tempo, não desanimei pois mais de metade do caminho já estava percorrido.

Mas a incógnita é saber quando regressa o período menstrual depois do término do zoladex e, novamente, depende de caso para caso. Há raparigas que o regresso da menstruação ocorre passado poucos meses, mas outras cerca de um ano ou anos.

Todavia, mulheres com idade aproximada da natural da menopausa, poderão entrar em definitivo neste período

Zoladex e tamoxifeno 

Além de que, mais tarde pode-nos ser prescrita medicação de terapia hormonal que terá influência neste ponto.

No meu caso, após o término da quimioterapia a minha oncologista queria que eu continuasse com a injecção Zoladex juntamente com o Tamoxifeno, que também provoca sintomas de menopausa, por 5 anos

Zoladex até quando?

Quando ouvi esta notícia a minha reação foi simplesmente chorar sem parar, isto porque estava mesmo com a expectativa que o Zoladex durasse “apenas” 6 meses

A médica após a minha reação foi discutir o meu caso com outras oncologistas e devido a ter sentido os efeitos de modo tão intenso, decidiu-se tomar apenas com o Tamoxifeno

Mas porquê Tamoxifeno e Zoladex juntos?

Esta junção pode ocorrer por diferentes motivos, mas de um modo geral a toma do tamoxifeno pode conduzir a um aumento da espessura do endométrio, que pode levar a cancro. Enquanto que o Zoladex pode diminuir esta espessura, podendo assim equilibrar esta questão. 

Além de que, com a continuação desta toma, mesmo sem estar em tratamento de quimioterapia, o Zoladex promoverá a supressão ovárica, podendo ser um ponto positivo na preservação da fertilidade. 

Dúvidas sobre o zoladex

Zoladex engorda?

O meu peso, durante a quimioterapia não oscilou muito. No entanto, inicialmente, senti alguma celulite, mas a situação regularizou passado poucas semanas. 

Zoladex faz cair o cabelo?

Sim, esta medicação promove a queda de cabelo e de pilosidade corporal. Mas tal não significa que ficará careca, caso esteja a fazer este tratamento por alguma situação clínica que não associa quimioterapia (endometriose). Durante este período estava careca, mas porque esta a tomar quimioterapia. 

Folheto informativo Zoladex Infarmed

Dicas Zoladex quem já tomou

Pela minha experiência, e pelo que pude pesquisar, quer na internet, quer em contacto com outras mulheres em situação semelhante, os efeitos do Zoladex não são bem tolerados pela maior parte das mulheres. 

Isto porque, tornam-se muito intensos e frequentes, o que condiciona o nosso quotidiano. Assim, o melhor a fazer é aprender a lidar com a menopausa, quer seja só por este período, quer seja para depois durante a terapia hormonal. 

Todavia, uma estratégia por mim utilizada foi o de relembrar a importância do Zoladex, que no meu caso, medida de preservação da fertilidade

Mas então pela preservação da fertilidade não deveria querer continuar com o Zoladex?

De facto, a fertilidade é um ponto delicado para mim, e quero fazer tudo para que as coisas corram da melhor forma possível.

Mas a administração do Zoladex teve um grande impacto negativo na minha vida, pois os efeitos sentidos ocorreram de modo muito intenso e frequente. E senti com toda a minha alma que necessitava de trazer alguma normalidade à vida.

O que acabou por não ser possível em absoluto, pois continuarei com os sintomas da menopausa devido à toma do Tamoxifeno. Mas estava esperançada que não fossem tão intensos, e como muita gente me indicou, com o tempo a intensidade é aliviada

Artigo: Como aliviar os sintomas da menopausa

Isto é, sinto que devo fazer tudo ao que estiver ao meu alcance para que o cancro interfira o mínimo possível na minha vida. Mas não deixa de ser importante de continuar a viver a minha vida, e não a vida segundo o cancro

Posted in cancro da mama, condições, fertilidade, hormonoterapia, menopausa | sexualidade | (in)fertilidade

2 Comments

  1. Joana Vieira

    Olá Bom dia antes de mais parabéns pelo blog.
    Tive diagnóstico de cancro da mama em agosto de 2017, na altura com 35 anos, sou seguida no IPO do Porto. Também passei por todo o processo de quimioterapia e cirurgia, seguida da hormonoterapia. Posso dizer que quando iniciei a hormonoterapia- tamoxifeno+ zoladex- foi para mim um alívio, no sentido de perceber que a fase pior estaria a passar. No entanto, entendo bem as palavras escritas neste blog, a hormonoterapia é um processo longo, há um desejo enorme quando se é jovem de voltar à vida ativa, de “aproveitar a vida ao máximo” e quando nos cai a ficha estamos com sintomas horrorosos uma cansaço brutal e a perceber que este é mais um desafio. O de lidar com a doença e o seu tratamento de forma mais cúmplice e real e adaptarmo-nos. Todos os dias são desafios!!!
    Um bem haja pelo blog

    • maisumahistoria

      Olá Joana,
      Muito obrigada pelas tuas palavras.
      O depois do cancro é mesmo um desafio. E quando este é acompanhado por uma menopausa em idade tão jovem…
      Daí a querer tocar nestes assuntos. Quanto não seja para entendermos que não estamos sozinhas e necessitarmos de ter compaixão para connosco.
      Beijinhos e força =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.