Menu Fechar

psico-oncologia é importante? onde existe apoio psicologico gratuito?

O que estou mais arrependida da minha luta contra o cancro? De só ter pedido ajuda psicologica quando já estava bastante mal, depois da radioterapia.

Psico-oncologia

O que acho que deveria ter feito? Ter tido esta ajuda psicologica desde o inicio, ou seja, desde o diagnóstico da situação de cancro maligno.

Isto porque, com esta situação as notícias são muitas. Desde o não conhecimento da nossa situação de saúde até ao que isso implicará nos tratamentos oncológicos e respetivos efeitos na nossa vida.

Em paralelo com outras informações não tão positivas como possibilidade de infertilidade, menopausa induzida…

Sendo assim, essencial uma boa gestão emocional. Até para termos energia que a luta contra o cancro requer. 

E com psicoterapia conseguimos encontrar ferramentas para esta gestão

Mindfulness, meditação e yoga

De facto, considero que durante a quimioterapia e mesmo depois da cirurgia não senti esta necessidade, pois consegui lidar positivamente com os efeitos da quimioterapia.

Mas também senti bastantes efeitos positivos na prática de meditação, mindfulness e yoga.

Sabe que o yoga tem um papel positivo no nosso sistema imunitário? De facto, no inicio desta prática até pode ocorrer uma ligeira descida. Mas com a continuação, a prática de yoga tem uma influência positiva no reforço da imunidade. 

Porém, ajuda psicologica não seria contaditória a estas práticas. Antes pelo contrário.

Porque é que depois da radioterapia é o momento que mais mulheres lidam com depressão?

Porque durante os tratamentos oncológicos o tempo é muitas vezes escasso com tantos exames e consultas.

E é necessário recuperar para a seguinte sessão de quimioterapia. E recuperar para a cirurgia oncológica. E termos todos os cuidados necessários para não ficarmos com queimaduras na pele durante a radioterapia.

Razões para a depressão depois da radioterapia

  • ter feito radioterapia em simultâneo com a toma do tamoxifeno
  • encontrava-me numa menopausa quimica em que senti mais efeitos psicologicos (tamoxifeno) do que os efeitos físicos (zoladex)
  • o término dos tratamentos oncologicos não significar que o assunto cancro desapareça da nossa vida, sendo necessário uma grande adaptação à vida depois do cancro 
  • pressão de voltar à vida profissional o mais rápido possível, quando o nosso corpo ainda está em recuperação

Então procurei este apoio profissional já algumas semanas após o fim da radioterapia.

vergonha de ir ao psicologo?

Sim, há muito o preconceito de ir ao psicologo quando se é fraco. Uma pessoa forte não necessita. 

Felizmente, este preconceito está a ser eliminado.

Começa-se a entender que um(a) psicologo(a) não é mais que um profissional que nos ajuda a encontrar resolução dos nossos conflitos internos, ultrapassar dificuldades e dar um outro significado a acontecimentos da nossa vida

ajuda psicológica gratuita

Hospital público

Todos os hospitais centrais possuem um profissional de psico-oncologia.

Todavia, acredito que este serviço não é mais utilizado, pois por vezes pretendemos ir a outro espaço, que não o hospital que vamos para a quimio, que vamos para a radio, que somos operado. Ou seja, estamos “cansadas deste espaço”. 

Liga portuguesa contra o cancro

Sabia que esta instituição disponibiliza consultas de psicologia gratuitamente? Sim, é verdade. 

Pessoa com cancro e família

Desde psicoterapia individual para o doente oncológico, quer para a sua família.

Ou ainda terapia de casal, psicoterapia de grupo, sexologia clínica, cessação tabágica ou grupos de auto-ajuda

Psico-oncologia liga portuguesa contra o cancro

Contactos Liga Portuguesa contra o cancro Porto (sede)

225 420 689 | 914 193 820 | psico-oncologia@ligacontracancro.pt 

Núcleo norte estrada circunvalação liga contra o cancro

O que aprendi com as consultas de psico-oncologia?

Quantas vezes ao dizer algo em voz alta adquirimos imediatamente uma nova perspetiva?

Falar sobre o cancro

Mais do que tudo, numa sessão de psico-oncologia temos a oportunidade de falar sobre o assunto cancro. 

Serão várias as vezes que sentimos uma necessidade de falar sobre este acontecimento. Mas não queremos sobrecarregar os nossos familiares ou amigos

ferramentas psicologicas

E tive a possibilidade de adquirir imensas ferramentas como:

  • técnicas de relaxamento
  • técnicas para não alimentar e interromper um pensamento negativo
  • entender a minha situação como um todo e porque é que estava a ressalvar determinados desafios

Mas talvez o mais importante foi aprender que realmente o meu corpo necessitava da minha compaixão, principalmente na fase de recuperação da radioterapia associado à menopausa induzida. 

outras histórias de cancro

Não foram raras as vezes que a psicologa mencionou outros casos de cancro, e como lidaram com determinados desafios. E, com isto, obtemos uma nova perspetiva que até nos pode ser útil.

Mas mais do que tudo, sentimos esperança. Sendo algo essencial durante e depois do cancro. 

Locais consulta psico-oncologia da liga portuguesa contra o cancro

Linha cancro

Antes de tudo há que mencionar a existência da Linha Cancro 800 100 100 (número gratuito) ou linhacancro@ligacontracancro.pt. Disponível todos os dias úteis das 9h às 18h. 

Todavia, o apoio psicológico por parte desta instituição existe em várias localidades do país.

Desta forma, abaixo partilho os contactos para que possa marcar a sua consulta de psico-oncologia na localidade que lhe for mais pertinente

  • Angra do Heroísmo | 295 212345 | 295 212345
  • Aveiro | 239 487 490 | 239 487 490
  • Coimbra | 239 487 490 | 239 487 490 | psico-oncologia.nrc@ligacontracancro.pt
  • Guarda | 239 487 490 | 239 487 490
  • Castelo Branco | 239 487490 | 239 487490
  • Viseu | 239 487490 | 239 487490
  • Funchal (sede) | 291 143 523 | psico-oncologia.nrm@ligacontracancro.pt
  • Machico | 291 143 520 | 937 931 184
  • Porto Santo | 291 628 115 | 938 435 734
  • Ribeira Brava | 291 612 344
  • Santana |  291 143 523
  • Casa da Liga | 969 083 731

Fonte e mais informações: Unidade de psico-oncologia liga portuguesa contra o cancro

atividades liga portuguesa contra o cancro

É de relembrar que esta instituição não só tem este apoio, como providencia outras atividades, deveras interessantes como grupos de conversa, yoga, meditação, costura… 

Veja aqui as atividades do núcleo do norte

conclusão | ajuda psicologica perante o acontecimento cancro

  • acredito cada vez mais na necessidade de abastecermo-nos de todas as ferramentas que nos possibilitem lidar com o acontecimento cancro na nossa vida
  • em que o trabalho psiológico pode ter uma enorme influência, quer durante os tratamentos oncológicos, quer na recuperação
  • desta forma, invista em si, e procure apoio psicológico, quer seja a nível particular, quer a nível público, como os hospitais ou numa delegação da liga portuguesa contra o cancro
  • podendo este apoio psicológico ser alargado para a família do doente oncológico. 
Posted in cancro da mama, gestão emocional, viver depois do cancro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.